Por pbagora.com.br

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que o vice-prefeito de Taperoá, Francisco Antônio, conhecido com Junior de Preto (MDB), deve retornar ao cargo de prefeito imediatamente, com isso, a eleição indireta que estava marcada na cidade fica suspensa.

Junior de Preto havia sido afastado do cargo que ocupava por decisão da maioria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), por quatro votos a favor e três contra por acusações de conduta vedada, abuso do poder político e econômico e captação ilícita de sufrágio.

Na decisão do TSE o ministro Sérgio Silveira Banhos considerou que há dúvida sobre a robustez das provas contra o prefeito e decidiu que ele não precisa ser afastado enquanto as investigações ocorrem.

PB Agora

Notícias relacionadas

Em nota, ALPB esclarece que ação da PGR não interfere na atual mesa diretora

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) esclarece que a ação direta de inconstitucionalidade (ADI), apresentada pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, no Supremo Tribunal Federal (STF), questionando dispositivo da Constituição…

Wilson Filho defende medidas adotadas pelo Governo para barrar avanço da Covid-19

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Wilson Filho (PTB), defendeu na manhã desta terça-feira (01), as medidas adotadas pelo Governo do Estado para controle da pandemia,…