A Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deve julgar na sessão da segunda-feira (22) uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) contra o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB). O processo que corre em segredo de justiça é de autoria do Ministério Público e tem como relator o juiz Carlos Neves.

A ação é referente às eleições 2006, quando Cássio Cunha Lima era governador do Estado e concorria à reeleição. Apesar de correr em segredo de justiça, o julgamento foi publicado na pauta na edição da última terça-feira (16) do Diário da Justiça.

Contra o senador eleito, o TRE já julgou os processos do Caso FAC (motivo da cassação do mandato de governador), do Jornal A União (processo que ainda não foi julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral). Entre os processos que estão em andamento contra Cássio estão os envelopes amarelos e do dinheiro no edifício Concorde.

Atualmente, Cássio está recorrendo ao Superior Tribunal Federal (STF) para tentar reverter decisão do TSE que acatou o pedido de indeferimento do registro de sua candidatura para senador na eleição deste ano. O ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima obteve nas eleições mais de um milhão de votos.

 

 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Socialista cobra punição a deputado que praticou ato de racismo na Câmara

No Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, o deputado estadual Jeová Campos (PSB), fez questão de protestar contra o ato do deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) que arrancou…

Aguinaldo recebe comitiva de prefeitos e fortalece apoio aos municípios

O deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) recebeu nessa quarta-feira (20) um grupo de prefeitos e lideranças paraibanas, em Brasília. Entre os gestores municipais estavam Roberto Feliciano de Sapé, Nobinho…