O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) estará diplomando os eleitos nas
últimas eleições gerais na próxima sexta-feira (17), às 17h, no Auditório da Estação
Cabo Branco de Ciência, Cultura e Artes, localizado na Avenida João Cirillo da Silva,
S/N, no Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa.

Serão diplomados 86 candidatos eleitos, considerando os 03 suplentes mais votados de
cada partido ou coligação, portanto: 36 Deputados Estaduais e 21 suplentes; 12
Deputados Federais e 09 suplentes; 02 Senadores da República e 04 suplentes; o
Governador e o Vice-governador do Estado.

A resolução 23.218/2010 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que discorre sobre os atos
preparatórios das eleições de 2010, inclusive a diplomação dos eleitos, assegura que só
serão diplomados os que estiverem apresentado o comprovante de reservista junto à
Secretária Judiciária do TRE-PB.

Os diplomas serão assinados pelo presidente do TRE-PB, desembargador Genésio Gomes
Pereira Filho.

DIPLOMADOS:

O Tribunal Regional da Paraíba (TRE-PB) divulgou a lista dos políticos paraibanos que serão diplomados nesta sexta-feira (17).

Acabou o suspense para muitos, inclusive, para o senador mais votado nas eleições deste ano, Cássio Cunha Lima (PSDB), que não será diplomado. Os nomes anunciados pelo TRE são os de Vitalzinho e Wilson Santiago, ambos do PMDB.

A luta judicial de Cássio continua no Supremo Tribunal Federal (STF). Ontem, durante o encontro das redes sociais promovido por Ricardo Coutinho (PSB), Cássio confessou que sua defesa teria entrado com uma medida cautelar no STF para assegurar sua diplomação.

Na Assembléia também houve mudanças nas últimas horas. O deputado estadual Dinaldo Wanderley (PSDB) perdeu a queda de braço no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), seu nome ficou fora da lista dos que serão diplomados.

Assim, Francisco de Assis Quintans (DEM), Hervázio Bezerra (PSDB) e Ariano Fernandes (PSDB) serão diplomados nas primeiras suplências, respectivamente.

Federais que serão diplomados:

Coligação PSDB/DEM/PSB
 

RUY MANOEL CARNEIRO – 108.644
 

ROMERO RODRIGUES VEIGA – 95.293
 

DAMIÃO FELICIANO DA SILVA – 87.134
 

EFRAIM DE ARAUJO MORAIS FILHO – 87.014
 

Suplentes
 

FABIO RODRIGUES DE OLIVEIRA – 68.147
 

JOSÉ EDVALDO ROSAS – 33.941
 

GERALDO AMORIM DE SOUZA – 20.612

 

Coligação PMDB/PSC/PTB/PP
 

MANOEL ALVES DA SILVA JUNIOR – 108.041
 

JOSE WILSON SANTIAGO FILHO – 105.822
 

BENJAMIM GOMES MARANHAO NETO – 94.984
 

AGUINALDO VELLOSO BORGES RIBEIRO – 87.572
 

HUGO MOTTA WANDERLEY DA NOBREGA – 86.150
 

OZANILDA GONDIM VITAL DO REGO – 79.412
 

Suplentes
 

LEONARDO DE MELO GADELHA – 73.743
 

ARMANDO ABILIO VIEIRA – 60.660
 

FLAVIANO QUINTO RIBEIRO COUTINHO – 54.201
 

Coligação PT/PT
 

JOSÉ WELLINGTON ROBERTO – 113.167
 

LUIZ ALBUQUERQUE COUTO – 95.555
 

Suplentes
 

JEOVA VIEIRA CAMPOS – 66.741
 

EDVAN CARNEIRO DA SILVA – 16.301
 

PHILEMON RODRIGUES DA SILVA – 14.677

  

Confira aqui a lista oficial dos que serão diplomados

Confirmada a diplomação de Wilson Santiago, Márcio Roberto, Domiciano Cabral e Genival Matias

Com a retolalização dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PB) definiu nesta quinta-feira, 16, a relação dos parlamentares eleitos e ocupantes dos cargos no Executivo estadual que estarão sendo diplomados amanhã. Estão fora da relação o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e os deputados estaduais Carlos Batinga (PSC) e Dinaldo Wanderley (PSDB).

Eles não poderão ser diplomados por causa da recontagem dos votos em decorrência da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que validou a eleição do deputado Márcio Roberto (PMDB). O ex-deputado federal Domiciano Cabral (DEM) acabou sendo beneficiado. Já Genival Matias (PT do B) recuperou o mandato, com a exclusão de Dinaldo.

Com relação ao ex-governador Cássio Cunha Lima, a Justiça Eleitoral rejeitou o registro de sua candidatura ao Senado, embora tivesse recebido na eleição mais de um milhão e 4 mil votos. Quem está comemorando é o deputado federal Wilson Santiago (PMDB), terceiro colocado.

Mais de 80 candidatos serão diplomados nesta sexta-feira, 17. 
 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador alerta para o risco de desabamento de prédio em CG e cobra atuação dos órgãos de fiscalização

Quem nunca se pegou “apreensivo” ao passar perto de uma obra e ter medo de que algo caia lá de cima que atire a primeira pedra. Isso é mais comum…

“Estou passando por mentiroso”, diz Léo após não cumprimento das emendas impositivas

Vice-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) o vereador Léo Bezerra (PSB), contestou ontem (21) em discurso as declarações do prefeito da capital Luciano Cartaxo (PV) de que estaria…