Eleito pelo PMDB do senador José Maranhão (PMDB), o deputado estadual Márcio Roberto foi o único peemedebista que não assinou a CPI da Aeronave, proposta ontem pela oposição na Assembléia Legislativa para investigar gastos do governador Cássio Cunha Lima (PSDB) com viagens aéreas.

A ausência de Márcio Roberto foi visto como mais um sinal da ligação do parlamentar com ala governista. E pode gerar repercussão negativa dentro do PMDB.

A oposição conseguiu reunir ao todo 14 assinaturas para CPI da Aeronave. Como revide, a bancada governista anunciou a apresentação de mais quatro CPIs, uma delas para estender a CPI da Aeronave a fim de que as viagens no governo José Maranhão também sejam apuradas.

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hervázio diz que “jamais vai se colocar como um conspirador” no PSB

Ex líder do governo na Assembleia Legislativa no governo de Ricardo Coutinho (PSB), o deputado licenciado e secretário de Esportes, Juventude e Lazer da Paraíba, Hervázio Bezerra (PSB), disse que…

Em Teresina, João assegura expansão do app ‘Preço da Hora’ para todo o NE

O aplicativo ‘Preço da Hora’, implantado recentemente na Paraíba, será expandido para todos os Estados do Nordeste. A garantia foi dada ao governador João Azevêdo pelos demais gestores da região,…