Ao ser novamente indagado sobre a crise existente entre a ala do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) e do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o vereador pessoense Tibério Limeira – que também é filiado ao mesmo partido, opinou sobre as declarações dadas nesta semana pela deputada estadual Estela Bezerra sobre as renúncias de integrantes do PSB da capital  que resultaram na dissolução do diretório municipal. Tibério rebateu Estela: “Ninguém foi atrás de assinaturas”.

Para o vereador socialista, os titulares e suplentes que pediram afastamento, na segunda-feira, e resultaram na ampliação de diretorianos que não mais integram o colegiado, tomaram essa decisão de forma voluntária e pessoal. “Ninguém foi atrás de assinaturas para provocar a autodissolução [do diretório municipal]”, disse em resposta a Estela. Ontem o diretório estadual da sigla, emitiu uma nota confirmando a dissolução do diretório da capital.

Eleições PMJP 2020 – Para o vereador o nome de Ricardo Coutinho era o único a que conseguiria unir o campo progressista, isso segundo ele antes da crise interna que se deflagrou dentro da sigla, com a destituição do ex-presidente Edavaldo Rosas. “O processo zerou. Agora, vamos discutir essa questão” (mais a frente). E ressaltou: “Com certeza vamos disputar a eleição para conquistar a prefeitura no ano que vem”, disse Tibério.

Os conflitos começaram desde que o então presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, foi alvo de uma intervenção por parte do diretório nacional e retirado do cargo, após ter sido nomeado secretário pelo governador João Azevêdo. O vereador pessoense ficou do lado do governador João Azevêdo.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PSDB Mulher realiza encontro no próximo domingo, em João Pessoa

O PSDB Mulher realiza no próximo domingo (27), em João Pessoa, um encontro para discutir o cenário político estadual e os desafios da representação feminina. O evento que acontece no…

OUÇA: reitor da UEPB diz que estudante que fez ameaças trancará curso

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Júnior divulgou, através de um áudio compartilhado nas redes sociais, nesta segunda-feira (21), detalhes sobre o caso da suposta ameaça…