“São mudanças necessárias por mais que seja vista exclusivamente pelo lado político, mas tem uma justificativa técnica muito grande”. A declaração é do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) ao justificar, durante entrevista nesta quarta-feira (27), as  exonerações de Fábio Maia (secretário executivo de Planejamento) e de Yuri Simpson (presidência da PBPrev), ambos ligados ao ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

“A mudança na secretaria de Planejamento está muito mais voltada pelo fato de eu precisar de um secretário que trabalhe muito mais com o PPP (parcerias público-privadas), preciso de mais presença dentro do próprio governo, a mesma coisa em relação a PBPrev”, respondeu à imprensa.

A fala do governador foi dada à imprensa, em solenidade no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros, para  sorteio de 256 apartamentos do residencial Alvorada Sul, localizado no loteamento Colinas de Gramame.

 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eduardo Carneiro é escolhido pela imprensa como Destaque 2019

O deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) recebeu, nesta sexta-feira (13), o diploma Destaque Parlamentar 2019, durante o aniversário de 21 anos da revista A Tribuna. A solenidade de entrega aconteceu…

DEM anuncia Cap. Antônio como pré-candidato em Bayeux

Em evento partidário realizado nesta sábado (14), o Democratas anunciou o nome do policial militar Capitão Antônio como pré-candidato à prefeitura de Bayeux. O evento realizado no bairro do Jardim…