A Paraíba o tempo todo  |

Tão mansinhos…!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Pelo que o presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Olegário, anda dizendo à imprensa, é possível que os delegados deflagrem uma greve geral a partir de amanhã. Num momento bem oportuno, às vésperas dos festejos juninos.

    Não sei se Olegário conseguirá contaminar a classe com seu ânimo. Afinal, a categoria era tipo “muito macho” na época do governo Cássio, era na base da imposição e ameaça, mas agora se desmancha em paciência em relação ao governo Maranhão e adia a greve sem qualquer sombra de desespero.

    Há quem, na categoria, sinta saudades do governo anterior, que quis negociar, mas a turma do contra só fazia pressionar e acabou melando qualquer acordo. Agora, o prazo que o secretário de Segurança Pública dá é setembro. Até lá, acredita Gominho (será mesmo que acredita?), as finanças estarão equilibradas e será possível fazer uma contra-proposta.

    Os delegados vão esperar até setembro? Será que serão tão bonzinhos assim? Será mesmo que acreditam que em setembro tudo se resolverá numa boa? E por que acreditariam? O que ganham com isso? No mínimo a pecha de “covardes”.

    Vou acompanhar com a maior atenção e curiosidade possível a assembléia da categoria marcada para amanhã. Pensam que a classe terá liberdade para debater? Pelo visto não, porque o secretário Gominho disse que estará lá “para tirar todas as dúvidas”.

    Ôxe… pensei que as dúvidas tivessem sido tiradas hoje. Amanhã ele vai pra quê mesmo? Ah, pra evitar a greve, só pode; pra avisar, com jeito de quem quer negociar, que se entrarem em greve a pancada do bombo será outra. Aí não tem setembro, nem dezembro.

    Quero só ver amanhã.

 

    Assessora nota 10

 

    Adriana Bezerra vai deixar a editoria do WScom para se dedicar à assessoria de imprensa do senador Roberto Cavalcanti. Pense numa assessora nota 10!

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe