Por pbagora.com.br

Uma enquete realizada pelo portal PB Agora apontou que 86,52% dos internautas que acessam o site querem uma explicação do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), sobre o conteúdo do áudio vazado na imprensa que aponta uma suposta negociação de dinheiro público com os secretários Adalberto Fulgêncio e Diego Tavares, ainda à época da campanha eleitoral de 2018.

A enquete foi publicada no dia 29 de março com a seguinte indagação: Você acha que Cartaxo deve explicar conteúdo de áudio vazado sobre negociação de dinheiro público?

Apenas 11,35% responderam que não, ou seja, que o gestor não deveria explicar. A opção ‘sou indiferente’ foi clicada por 2,13% dos internautas, já a opção ‘talvez’ não recebeu nenhum voto.

Desde que foi vazado, o prefeito de João Pessoa tem evitado comentar o conteúdo do áudio. Em vez disso, acionou o Ministério Público para saber a autoria do que classificou de ‘arapongagem’. A gestão quer saber quem gravou a conversa mas ignora a gravidade do conteúdo do áudio.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vídeo do aniversário de JP de Cícero Lucena é liberado pela Justiça

O Juiz Federal, Rogério Roberto Gonçalves de Abreu, suspendeu os efeitos da liminar obtida pelo Patriotas do pré-candidato, Wallber Virgolino, que proibia a exibição, publicação e compartilhamento de vídeo do…

Efraim quer proteger de impostos setores que empregam grande quantidade de trabalhadores

oco desta semana está na desoneração da folha de pagamentos de setores que empregam grande número de trabalhadores, lembra o líder Efraim Filho (PB). “Retomar uma política de não onerar…