Por pbagora.com.br

Depois de ser absolvido ontem por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral, em ação movida pelo ex-senador Ney Suassuna (PMDB), o senador tucano Cícero Lucena recebeu nesta quarta-feira (27) outra boa notícia: a adesão de sete prefeitos ao projeto de disputar o governo do Estado na eleição de 2010.

Eles estiveram no gabinete do senador, em Brasília, numa reunião que durou mais de duas horas na manhã desta quarta. A adesão em bloco foi assinada pelos prefeitos: Rômulo Albulquerque (PP), de Pitimbu, Edvan Félix (PR), Catingueira, Eduardo Jorge (PSDB), São José Do Tigre, Vogel de Oliveira (PTB), Assunção, José João (DEM), Caturité, Manoel Dantas, Barra de Santana e Edilson Pereira (PR), Coremas.

Além deles, esteve no gabinete de Cícero o ex-prefeito de Gurjão, Zé Carlos (PR), que também reforçou o apoio ao senador tucano. E ainda a prefeita de São José do Sabugi, Nelis Domiciano (DEM), que disse votar em Cícero caso o senador Efraim Morais, presidente do DEM paraibano, desista da candidatura ao governo.

Para Cícero, o apoio dos prefeitos representa a consolidação do desejo da base ligada ao ex-governador Cássio Cunha Lima em disputar o governo do Estado com a mesma unidade que levou o grupo para a vitória em 2002 e 2006. Ele recebeu a adesão como um “novo gás” para o projeto de disputar as eleições de 2010.

Todos eles saíram do encontro alegando que fazem questão de acompanhar o senador em roteiros de visitas pelo interior do Estado.

A briga pelo apoio dos prefeitos vem crescendo a cada dia. Ontem, o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), pretenso candidato ao governo do Estado em 2010, recebeu em seu gabinete a visita dos prefeitos de Malta, Ajácio Gomes, e de Ouro Velho, Inácio Júnior, que anunciaram adesão ao projeto do PSB.

PB Agora

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Candidato do Patriotas em CG acusa Wallber de ter embolsado quase meio milhão do partido

O candidato à Prefeitura de Campina Grande, Edmar Oliveira, pelo Patriotas, acusou o presidente estadual do partido, Wallber Virgolino, de se apropriar dos recursos destinados à campanha eleitoral nos municípios.…

CUITÉ: em vias de ser declarada inelegível, Euda Fabiana recorre no STJ e sofre derrota vexatória

No desespero de conseguir o deferimento de sua candidatura a prefeita de Cuité, Euda Fabiana (MDB) recorreu da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que ratificou a sua condenação…