Nesta segunda-feira (28), o presidente estadual do Cidadania (ex-PPS) e atual chefe de gabinete do governador João Azevêdo, Ronaldo Guerra, que passou a integrar o Diretório Nacional da legenda no último final de semana, revelou que ainda não formulou convite ao governador João Azevêdo (PSB) para ingressar na sigla, mas declarou que a migração do socialista para o partido. seria uma honra, para ele em especial.

“Seria uma honra. Digo tranquilamente que seria uma honra porque qual o partido que não quer ter um governador da envergadura de João Azevêdo?” questionou.

O mais novo integrante do diretório nacional do Cidadania disse ainda que trabalha para ampliar a bancada na Asssembleia Legislativa da Paraíba e afirmou que o partido deve lançar candidatos próprios no Sertão e em João Pessoa.

“De forma que eu acho que o Cidadania sairá fortalecido da eleição de 2020” concluiu.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Direção do Hospital da FAP agradece novos investimentos conquistados através de emendas de Veneziano

A direção do Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) veio a público agradecer ao senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) pela conquista de mais dois novos equipamentos, frutos de…

Romero declara que ainda não sabe se disputará novas eleições em 2022

No último ano de seu mandato, e faltando menos de 12 meses para deixar o cargo, o prefeito Romero Rodrigues (PSD), já planeja o seu futuro político. Romero que antes…