Os senadores Efraim Morais (DEM) e Cícero Lucena (PSDB) seguiram lados opostos na eleição para o novo presidente do Senado Federal no início da tarde de hoje.

Efraim revelou que votou no senador vitorioso José Sarney (PMDB-AP), seguindo orientação do seu partido. “Não tive como fugir da decisão do meu partido, pois sou um disciplinado”, afirmou Morais.

O senador Cícero Lucena, por sua vez, deu seu voto ao senador derrotado Tião Viana (PT-AC). A bancada tucana no Senado já havia divulgado oficialmente, na última sexta-feira, a decisão de apoiar o parlamentar acreano, conforme informou um assessor de Lucena.

Para Efraim Morais, a vitória de José Sarney já era esperada. “Foi fruto do resultado de articulações e apoios que ele recebeu”, disse o senador.

 

 

Edvanildo Lobo

PB AGORA

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após Dra. Paula, mais um oposicionista deve tirar licença na Assembleia

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba deve registrar mais uma alteração, após a o pedido de licença da deputada Dra. Paula (PP). Quem deve afastar-se da Casa…

Aguinaldo Ribeiro diz que momento é ideal para a entrega da Reforma Tributária ao Brasil

O relator da Reforma Tributária na Câmara e líder da maioria na Casa, deputado Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) participou de um debate promovido pela Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) onde…