Os senadores Efraim Morais (DEM) e Cícero Lucena (PSDB) seguiram lados opostos na eleição para o novo presidente do Senado Federal no início da tarde de hoje.

Efraim revelou que votou no senador vitorioso José Sarney (PMDB-AP), seguindo orientação do seu partido. “Não tive como fugir da decisão do meu partido, pois sou um disciplinado”, afirmou Morais.

O senador Cícero Lucena, por sua vez, deu seu voto ao senador derrotado Tião Viana (PT-AC). A bancada tucana no Senado já havia divulgado oficialmente, na última sexta-feira, a decisão de apoiar o parlamentar acreano, conforme informou um assessor de Lucena.

Para Efraim Morais, a vitória de José Sarney já era esperada. “Foi fruto do resultado de articulações e apoios que ele recebeu”, disse o senador.

 

 

Edvanildo Lobo

PB AGORA

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições 2020: Cícero admite composição com João Azevêdo ou com Cartaxo

“Se eu fizer um projeto que eles compreendam como o melhor de João Pessoa, serão bem vindos os apoios, quer seja da prefeitura, quer seja do governo do Estado”. A…

PMCG lança cadastro para artistas e produtores culturais

Secretaria quer facilitar acesso do segmento à Lei Aldir Blanc, de emergência cultural A Prefeitura de Campina Grande lançou, nesta quarta-feira, 1, um cadadro virtual destinado aos artistas e produtores…