Por pbagora.com.br

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) lamentou, nesta quarta-feira de cinzas (15), o falecimento do jornalista e advogado Waldo Tomé, profissional que tinha como marca o zelo pelo trabalho que fazia muito bem há décadas.

Veneziano afirmou que, desde o tempo do seu saudoso pai, o ex-deputado federal Vital do Rêgo, acompanhava o trabalho de Waldo em Brasília, sempre assessorando políticos paraibanos, a exemplo do então governador e deputado à época, Ronaldo Cunha Lima.

“Neste momento de despedida, externamos à distinta esposa, filhos, netos e amigos, nossas mais sinceras condolências. Quem cultivou o bem há de colher a Morada do Senhor”, assinalou Veneziano.

A morte – O advogado e jornalista Waldo Tomé de Souza, de 76 anos, era natural de Campina Grande e morreu nesta quarta-feira (17), em Brasília, por complicações no organismo dias após um procedimento cirúrgico nos pulmões.

Assessoria de Imprensa

Notícias relacionadas

Pesquisador analisa efeito do fim das coligações que deve extinguir siglas

As eleições municipais do ano passado marcaram o fim das coligações entre partidos para a escolha dos vereadores. A medida, estabelecida pela emenda constitucional 97/2017, enfraqueceu e até representar o…

Cícero amplia acesso a testes com dois novos Centros de Atendimento Covid-19

O prefeito Cícero Lucena determinou a ampliação da rede de testagem para Covid-19, dentro do esforço para evitar que a doença continue crescendo em João Pessoa. Nesta segunda-feira (1º), às…