A Paraíba o tempo todo  |

Senado reabre sessão para eleger novo presidente com Maranhão no comando

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Senado retomou a sessão preparatória para eleição do novo presidente da Casa. Por decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, a votação será secreta e a condução dos trabalhos ficará a cargo do senador José Maranhão (MDB-PB), que é o mais idoso do Senado.

A decisão foi adiada depois de muito tumulto e bate-boca entre os senadores na sexta-feira (1º). O ministro Dias Toffoli, do STF, determinou na madrugada que a eleição seja feita por meio de votação secreta, a pedido do Solidariedade e MDB.

Até o momento, foram apresentadas as seguintes candidaturas: Alvaro Dias (Podemos-PR), Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Fernando Collor (Pros-AL), Major Olímpio (PSL-SP), Renan Calheiros (MDB-AL) e Reguffe (sem partido-DF).

Senador Fernando Bezerra (MDB-PE) faz leitura da decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, que determinou eleição com voto secreto.

Senado reabrirá inscrição de novos candidatos à Presidência após leitura da decisão do STF e Senadores terão 10 minutos para apresentar candidatura.

Antes da abertura do plenário, um grupo de parlamentares favoráveis ao voto aberto se reuniu no gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Redação

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe