A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga o pior salário da categoria do país, melhorias nas condições de trabalho, armamentos, cursos de aperfeiçoamento em segurança, atualização dos valores das gratificações de risco, que se encontram totalmente defasadas, alimentação de má qualidade para os trabalhadores e alguns membros da guarda andam reclamando de perseguições internas pelo sargento Denis, com intenção de retaliar a ação do sindicato da categoria que está questionando as péssimas condições da Guarda Municipal, inclusive retirando a liberação sindical do presidente José Luiz de Arruda.

“A categoria está mobilizada e a paralisação de hoje é uma sinalização de uma greve geral, caso a Prefeitura de João Pessoa demonstre intenções em dialogar com a categoria’, alerta o vereador Marcos Henriques que tem apoiado o movimento, já realizou audiência pública para discutir a situação, mas os gestores ainda não demonstraram nenhuma sensibilidade em ouvir os trabalhadores.

Redação
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Daniella é acusada de nepotismo e DNA da família não contribui para inocência

O que é heráldica? Bem, muito longe da explicação assertiva da cinquentona enciclopédia Barsa, tal indagação é sinônimo ou quase do saber. E isso não é “interessante” – a pesquisa…

PTB ressurge forte em Bayeux para as eleições de 2020

O Partido Trabalhista Brasileiro – PTB segue com estratégia de reestruturação para as eleições municipais de 2020. O presidente estadual Wilson Santiago esteve reunido com o ex-deputado estadual e psicólogo…