Por pbagora.com.br

O secretário geral do PSB da Paraíba, Edir Mendonça, também prestou depoimento ao juiz Aluízio Bezerra, da 64ª Zona Eleitoral, na tarde desta segunda-feira (18). Segundo Mendonça, sua oitiva na Justiça Eleitoral foi para prestar esclarecimentos que se fazem necessários em relação à polêmica envolvendo as atas do partido na crise instalada entre o deputado estadual Guilherme Almeida e o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), em função do convite do governador José Maranhão para o parlamentar assumir a Secretaria de Interiorização do Estado.

Edir Mendonça foi bastante taxativo: “A segunda ata apresentada como documento impeditivo para Guiherme Almeida assumir a Secretaria, por conta de suposta resolução do partido, é falsa”. De acordo com o secretário geral do partido no Estado, o documento só veio à tona após a formalização do convite de Maranhão ao deputado para assumir a Secretaria.

Na primeira ata, a verdadeira segundo Edir Mendonça, não existe qualquer restrição de ordem político-partidária, como resolução do partido, contra a decisão de Guilherme Almeida assumir cargo de secretário estadual. O depoimento de Edir Mendonça terminou por volta das 17h00.

Adiamento

O juiz Aluízio Bezerra decidiu, emm comum acordo com a advogada Nadja Palitot, adiar para esta quarta-feira (20) o depoimento dela sobre o caso Guiherme Almeida.
 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: tendo assinado contrato com empresa investigada na Calvário, Edilma não fará aliança com RC num 2º turno

O leitor, e ao mesmo tempo eleitor, certamente já notou certo clima de cordialidade entre os candidatos a prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) e sua adversária, Edilma Freire…

Em JP, Cícero garante realizar concurso público em vários segmentos

Candidato à prefeitura de João Pessoa pelo Progressistas, o ex-senador Cícero Lucena se comprometeu, se eleito, a realizar concurso público para vários setores da gestão municipal – na medida do…