Por pbagora.com.br

Muito se fala do impacto da pandemia da Covid-19, na população brasileira e em especial na paraibana, sejam esses abalos em virtude de casos de pessoas que contrariam a doença ou que em virtudes dos sintomas do vírus chegaram a falecer. Mas quem o impacto da pandemia entre os funcionários do Governo do Estado da Paraíba, para falar sobre isso, a secretária Estadual da Administração do Estado, Jacqueline Gusmão, comentou o numero de afetados.

Segundo Jackeline, cerca de 160 servidores na ativa morreram de covid-19 desde o início da pandemia até o último dia 12 de abril. As Secretarias da Segurança, da Saúde e da Educação foram as mais atingidas. A grande maioria, 53 óbitos, foi de integrantes das Polícias Militar e Civil. Cerca de 29 foi de servidores da Saúde e 20 da Educação.

Para a secretária, as secretarias que tiveram o maior número de servidores vítimas da covid-19 são as que mais tiveram de se arriscar durante o período de pandemia, por se tratar de serviços essenciais. “Os servidores da Secretaria da Saúde estão trabalhando diretamente com pacientes da covid. A Secretaria da Segurança, além da exposição, é até pela quantidade de servidores, tem o maior número. Eles estão nas ruas fazendo o seu trabalho. Era um dado que infelizmente a gente já esperava”.

Ela lembrou também que esse não é um cenário apenas da Paraíba. As estatísticas de todo o país apontam que os trabalhadores da Segurança e Saúde estão sendo os mais afetados pela covid. “A gente está sempre pensando em como melhorar a segurança dos servidores. É uma coisa que o governador tem como prioridade. Ele é extremamente preocupado com os servidores, porque são pessoas que são nossos colegas, que ele inclusive já conviveu enquanto servidor público e agora como governador”.

Redação

Notícias relacionadas

Comissão da ALPB aprova criação do Integra Educação Paraíba

A Comissão de Educação, Cultura e Desportos, da Assembleia Legislativa da Paraíba, aprovou nesta quinta-feira (13), a Medida Provisória (MP) 297/2021, do Governo do Estado, criando o Regime de Colaboração…

Romero nega ‘olho grande’ no PTB, mas espera atrair legenda para oposição em 2022

O ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, que também é o atual presidente do PSD na Paraíba, negou durante entrevista nesta terça-feira (12) uma articulação para ‘abocanhar’ o comando do…