Mais um filiado do Podemos veio a público manifestar o interesse na filiação do governador João Azevêdo e do senador Veneziano Vital do Rêgo, ambos atualmente no PSB, trata-se do senador e ex-candidato a presidente da República Álvaro Dias do Paraná. “Estamos de portas abertas”, reforçou o senador do Podemos.

“Se fosse João e Veneziano, se filiaria ao Podemos”, disse o senador Álvaro Dias, ao reforçar convite da nacional, feito recentemente pela presidente nacional da sigla a deputada federal Renata Abreu.

Semana passada, o vereador e presidente estadual do Podemos, Galego do Leite, comentou sobre a crise do PSB estadual e lembrou que no último dia 12, ele e a secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal do Governo do Estado, Ana Cláudia Vital do Rêgo, vice-presidente estadual do Podemos na PB e presidente do Podemos Mulher, estavam em Brasília para discutir as metas do partido para 2020 e 2022, em reunião com a presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, quando ela pediu que fizessem um contato com o governador, por telefone, onde fez pessoalmente o convite ao gestor estadual para ingressar na sigla.

“Renata Abreu abriu as portas do Podemos para o governador. Ela disse que queria conversar com ele, pessoalmente, depois”, comentou. Ainda segundo o vereador, Renata Abreu disse com todas as letras para ele e Ana Cláudia Vital, que também é pré-candidata a prefeita de Campina: “Seria muito bom ele vir para o Podemos”, disse Galego. Diversos deputados estaduais da sigla já se manifestaram apoiando a filiação de João e Veneziano.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Confio em Deus que tudo ficará bem”, disse deputado paraibano que aguarda resultado do teste de coronavírus

O deputado estadual e líder do G10 na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Felipe Leitão, está em quarentena preventiva após a confirmação de que o presidente nacional do Avante, o…

EL PAÍS: Gestão de Bolsonaro para o coronavírus é reprovada por 64% no Brasil

O comportamento errático de Jair Bolsonaro durante a crise do coronavírus aliado ao baixo desempenho econômico do Governo fizeram o humor do eleitor brasileiro mudar radicalmente em um mês. Um…