O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defendeu neste domingo que a Polícia Federal investigue a denúncia segundo a qual o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) estaria sendo investigado ilegalmente. Em nota, Sarney disse que irá solicitar ao ministro da Justiça, Tarso Genro, que a Polícia Federal entre no caso e apure o suposto monitoramento contra o parlamentar.

“A denúncia, gravíssima, deve ser apurada com rigor”, afirmou José Sarney em nota divulgada neste domingo. O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, deverá acompanhar os desdobramentos do caso em nome do Ministério Público.

Reportagem da revista Veja deste fim de semana informou que o senador desconfia ser monitorado por integrantes do PMDB. De acordo com o parlamentar, a empresa de investigação Kroll estaria monitorando, a pedido de peemedebistas, suas ligações telefônicas e sua vida particular. Vasconcelos disse que na próxima terça-feira irá fazer as denúncias de forma pública na tribuna do Senado. A Kroll disse à revista que não espiona políticos.

No dia 18 de fevereiro, a Veja publicou uma entrevista com o senador na qual ele fez críticas ao seu próprio partido, afirmando que grande parte do PMDB estaria ligada à corrupção.

 

Leia a íntegra da nota divulgada hoje por Sarney:

“O presidente do Senado, senador José Sarney, em defesa da instituição, anunciou neste domingo, 8, que vai solicitar ao ministro da Justiça que determine à Polícia Federal a apuração da denúncia do senador Jarbas Vasconcelos de que estaria sendo vítima de espionagem. Vai oficiar também ao procurador-geral da República, pedindo que o Ministério Público Federal acompanhe as investigações. ‘A denúncia, gravíssima, deve ser apurada com rigor’, afirmou José Sarney.”
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

7 x 0: TRE-PB rejeita ação de Janduhy e mantém Felipe Leitão na ALPB

Em um placar unânime, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) rejeitou, em julgamento nesta quinta-feira (5), o pedido do ex-deputado e presidente estadual do Patriota, Janduhy Carneiro, para que…

Taciano Diniz garante que o G11 continua com João Azevêdo

A peleja interna do PSB não tem abalado as estruturas do unido G11, na Assembleia Legislativa. O grupo, que começou como G9, mas que hoje já comporta 11 parlamentares segue…