Por pbagora.com.br

Campanha eleitoral muitas vezes são marcadas por adesões ou rompimentos. As vezes os rompimentos marcam mais do que as adesões, esse foi o caso de ontem (12), quando dois históricos aliados do vice-prefeito da capital Manoel Júnior e do senador José Maranhão romperam respectivamente com suas postulações a Câmara Federal e ao Governo do Estado.

 

Dissidente dentro do MDB – não apoia “de jeito nenhum” a candidatura de José Maranhão ao Governo do Estado –, o vereador Mangueira rompeu politicamente com Manoel Júnior (PSC). Mas ele jurou que a decisão não tem relação com o apoio do vice-prefeito de João Pessoa a Maranhão. “Foi por questões pessoais”, justificou.

 

Já a candidatura de José Maranhão sofreu nova baixa. O ex-vice-prefeito de Nova Olinda, Idácio Souto (MDB), que esteve ao lado do emedebista em várias eleições, anunciou ontem apoio à candidatura de João Azevêdo (PSB) ao Governo do Estado. Dois vereadores do município, Tião de João Carlos e Luís Junior, também confirmaram apoio à candidatura socialista.

 

Redação

Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy se solidariza com Socorro Gadelha: “Edilma já estava escolhida há tempos”

Com palavras firmes e diretas, o deputado federal Ruy Carneiro fez questão de demonstrar solidariedade à ex-secretária de Habitação de João Pessoa Socorro Gadelha, pelo modo como foi descartada pelo…

Chico César classifica bolsonaristas de “demônios” em música e vereadora de JP rebate

Uma verdadeira polêmica está envolvendo a nova música do cantor e compositor Chico César, ‘Bolsominions são demônios’. Na canção, Chico diz que “bolsominions são demônios que saíram do inferninho direto…