Por pbagora.com.br

Pelo menos dois mil médicos cubanos devem permanecer atuando no Brasil pelos próximos dois anos. A revelação foi feita pelo deputado federal Ruy Carneiro (PSDB-PB), que é o presidente da Comissão do Médicos Pelo Brasil, substituto do Mais Médicos.

Segundo ele, além de esses profissionais retornarem às cidades mais ermas e longínquas, esses cubanos remanescentes terão a oportunidade de continuar a atuar no país, pelos próximos dois anos e, caso sejam aprovados no Revalida, poderão permanecer trabalhando na profissão.

‘Vão voltar a ter médicos, sem dúvida nenhuma, e vou fazer uma revelação. Na data que o programa foi encerrado ainda existiam dois mil cubanos, e estes vão ficar ainda por um período de dois anos e terão a chance de fazer o revalida, que acontecerá dois por ano, ou seja, terão a chance de fazer quatro revalidas e com o diploma revalidado, caso queira, passa a ser como um médico que se formou aqui. Se ele não passar é uma outra situação, e o vínculo é desfeito. Mas foi um gesto que o relator fez, para que eles ficasse no Brasil, por esse período”, ressaltou

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Senadores Nilda e Veneziano manifestam homenagens às mulheres no Dia Internacional da Mulher

A importância de lutar pela igualdade de direitos entre homens e mulheres foi registrada pelos senadores Nilda Gondim (MDB-PB) e Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), em homenagem ao Dia Internacional…

Câmara de João Pessoa volta às sessões remotas por conta do avanço da covid-19

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) passará a ter sessões e reuniões de comissões de apenas remotas a partir desta terça-feira, 9. A medida foi adotada pelo presidente da…