Por pbagora.com.br

Mantendo o ritmo de atividades para conversar e ouvir as necessidades da população, o deputado federal Ruy Carneiro visitou o Mercado Público de Mangabeira e defendeu a volta do auxílio emergencial até o final da pandemia. Na visita, realizada no final de semana, Ruy também falou sobre a importância das pessoas se imunizarem contra a COVID-19 assim que a vacina estiver disponível, conforme os critérios divulgados pelo Ministério da Saúde.

“Por onde andamos, percebemos as dificuldades que a população enfrenta por causa da pandemia. Por isso, defendo a volta imediata do auxílio emergencial, que vinha garantindo condições para as famílias terem alimento em casa na atual conjuntura vivida de desemprego e crise econômica. A retomada depende de todos terem condições nesse período, até que a população seja vacinada”, explicou Ruy.

Ruy lembra que a crise econômica estimulada pela pandemia agravou os problemas sociais. “Há mais desemprego e pobreza entre as famílias brasileiras e é preciso garantir uma renda mínima à população enquanto combatemos a pandemia e a vacina é distribuída,” afirmou enquanto dialogou com as pessoas e se comprometeu a defender o novo auxílio emergencial no Congresso Nacional.

“É urgente que o Congresso Nacional assuma o compromisso de exigir do governo o pagamento do novo auxílio emergencial. Estamos em um momento difícil no nosso país e as famílias não podem ficar sem ter o necessário para garantir suas necessidades. Vamos buscar isso, é responsabilidade de todos, para combater a fome e assegurar condições mínimas de vida para as pessoas”, resumiu.

PB Agora

Notícias relacionadas

“Não é fácil discutir política com a juventude”, diz secretário do PT-PB

Os partidos classificados como de centro político foram os grandes destaques das eleições municipais de 2020 e dividiram o controle dos municípios de forma mais equilibrada. Pela primeira vez desde…

Pesquisador analisa efeito do fim das coligações que deve extinguir siglas

As eleições municipais do ano passado marcaram o fim das coligações entre partidos para a escolha dos vereadores. A medida, estabelecida pela emenda constitucional 97/2017, enfraqueceu e até representar o…