A Paraíba o tempo todo  |

Rui Falcão descarta aliança com PSB na PB e nega consulta à Nacional para avalizar escolha de Nadja

O presidente Partido dos Trabalhadores (PT) esteve em João Pessoa na última sexta-feira (24) para tratar de assuntos políticos e em entrevista à rádio CBN, Ruy Falcão descartou qualquer possibilidade de aliança com o PSB na Paraíba.

 

Seguindo o rompimento nacional, segundo ele não haveria acordo possível entre as legendas, mas não descartou as demais para agregarem ao projeto do Blocão que no Estado já possui a presença do PP e PSC.

 

Sobre decisões estaduais, o presidente deixou claro que não deve intervir, mas pregou a coerência e a consulta local com aval da Nacional.

 

“Essa realidade tem que ser examinada de forma muito criteriosa pelo partido local. Nós temos percorrido os estados para levar a nossa opinião para manifestar o que seria mais propício para esse objetivo de eleger Dilma. Não vou citar intervir, forçar decisões, mas há uma interação permanente entre a direção nacional e os estados. Evidente que a chapa para ter coerência nacional… será preciso que homologuemos cada chapa estadual antes do registro. Anteriormente ao registro é preciso ter a chancela da direção nacional”, avisou.

 

Indagado sobre o nome de Nadja Palitot para ser a opção do partido para disputar com o deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) uma das vagas para encabeçar a chapa ao Governo do Estado, Falcão afirmou que o nome não foi avalizado pela Nacional e que portanto, ainda não pode ser considerado consenso.

“Eu não vi a manifestação do deputado Luiz Couto, provavelmente ele estará no debate do diretório e eu vou ouvir sua opinião, todas as opiniões dos nossos parlamentares dos nossos dirigentes merecem ser ouvidas, mas o que vai prevalecer ao final é a decisão do encontro estadual de tática eleitoral na Paraíba. Não houve aval e nem desaprovação (da escolha de Nadja), é uma decisão local do PT e o nome está sendo colocado para discussão entre os aliados do PT,” comentou.

Falcão iniciou um roteiro de viagens pelos estados para discutir a conjuntura política nacional, estadual e as eleições de 2014. Em João Pessoa, o petista cumprirá agenda de reuniões com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), além de dirigentes estaduais e municipais do partido.

 

Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe