O vice-governador Rômulo Gouveia lamentou, neste sábado (30), a morte do
jornalista Francisco Asfora, pai do atual procurador-geral de Justiça da
Paraíba, Bertrand de Araújo Asfora. “Chico Asfora”, morreu aos 84 anos,
depois de passar 15 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do
Hospital da Unimed, em João Pessoa, por complicações renais.

 

 

Francisco Asfora era jornalista e foi muito atuante na imprensa campinense.
Funcionário público aposentado, Chico Asfora também trabalhou durante muito
tempo na Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). Sua vida
pública foi marcada pelo exercício da liderança estudantil e por ter se
candidatado ao Senado nas eleições de 1990, pelo Partido Democrata Cristão
(PDC), quando recebeu mais de 16 mil votos e nas eleições de 1998, pelo
Partido Nacional Liberal (PSL).

 

 

O sepultamento aconteceu neste manhã no Cemitério Monte Santo, em Campina
Grande. Durante o velório, a família de Bertrand Asfora recebeu a
solidariedade de vários amigos e autoridades.

 

 

*Assessoria *

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Cícero, a pré-candidatura e a antecipação de propostas de gestão para o novo normal

De direito, Cícero Lucena (Progressitas) é pré-candidato à sucessão de Luciano Cartaxo na Prefeitura de João Pessoa. De fato, é candidatíssimo, além de páreo duro para qualquer um. O “Caboclinho”…

Opinião: Cícero jamais fará aliança com RC por ter ele estimulado a Operação Confraria

O ex-prefeito da Capital, havendo em seu currículo ter sido senador, ministro e governador do Estado, Cícero Lucena (PP) concedeu entrevista ao programa 360 Graus nesta quinta-feira (9) já na…