Por pbagora.com.br

Assim como outros agentes políticos, o prefeito Romero Rodrigues, do PSD, também tem evitado antecipar o debate sobre 2022. Apesar de ser um dos nomes cotados para disputar o cargo de governador no próximo pleito estadual, o gestor, que fica sem mandato a partir de janeiro de 2021, ressalta que antes de qualquer decisão deverá ser observado o cenário do momento, e só assim tomar a decisão que julgar consistente para ocasião.

“Eu não sei dizer. O cenário em 2022 ninguém pode observar ele de forma precipitada. Tem que observar o sentimento do período, e com base nele tomar a decisão que julgar a mais consistente”, ressaltou.

Romero lembrou que muitas vezes os nomes tem pretensão para se colocar à disposição para a disputa, mas é necessário entender se é ou não a hora certa.

“É preciso se despir da vaidade. Disputei a possibilidade de ser candidato a prefeito três vezes. E nas duas vezes que não consegui ninguém me viu com corpo mole ou de cara feia”.

As declarações repercutiram em entrevista à imprensa campinense.

 

Redação

Notícias relacionadas

Leo Bezerra destaca parceria em ações conjuntas entre governo da PB e PMJP

Na tarde desta quarta-feira (24) durante entrevista à Rádio Pop FM, o vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra destacou a parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura Municipal…

Projeto aprovado: Câmara de Campina terá Frente Parlamentar de Defesa das Pessoas com Doenças Raras e Autistas

O vereador campinense Olimpio Oliveira, teve aprovado nesta terça-feira (24), na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), o seu Projeto de Resolução nº 006/2021, que renova no âmbito da Casa…