Romero afirma que nutre sincero respeito por Cícero e quer que ele continue no PSDB

O deputado Romero Rodrigues afirmou em entrevista que irá lutar até o fim pela unidade do PSDB, e deseja que todo o processo de discussão aconteça internamente, com vistas a fortalecer cada vez mais a sua agremiação que elegeu o vice-governador Rômulo Gouveia, o senador Cássio Cunha Lima, ele e o deputado Ruy Carneiro para a Câmara Federal, além de vários deputados estaduais, e o próprio governador Ricardo Coutinho que recebeu o apoio da legenda e foi vitorioso no último pleito.

Destacou que “nutro sincero respeito e carinho pelo senador e presidente estadual do PSDB, Cícero Lucena, por sua trajetória de homem público, dinâmico, atuante e com reconhecida liderança que representa a Paraíba no Senado Federal. Em alguns momentos podemos dizer uma ou outra palavra, até é em razão da Imprensa realizar o seu trabalho livre, com os repórteres querendo pronunciamentos dos políticos, e em algumas vezes são pinçadas aleatoriamente palavras em falas e contextos diversos, mas o que desejamos é a união de todos os “tucanos”.

No seu entendimento, “os problemas partidários devem ficar em segundo plano e o que interessa é o desenvolvimento da Paraíba, e a união das lideranças é muito importante para a luta e o atendimento dos anseios dos paraibanos, que estão cansados de discussões que não levam a lugar algum. A Paraíba deve ficar em primeiro lugar. Os problemas são inúmeros e devemos unir as forças e continuarmos sempre juntos. A eleição passou. É hora de todos descerem do palanque e unir as forças pelo Estado”.

Romero lembra que Cícero Lucena já foi governador da Paraíba. Com 37 anos de idade, tornou-se o governador mais jovem a assumir o Governo. Em 1995 chefiou a Secretaria Especial de Políticas Regionais, então órgão do Ministério do Planejamento. Em 1996, disputou a prefeitura de João Pessoa, logrando êxito no segundo turno. Reelegeu-se em 2000, já no primeiro turno, com 74% dos votos válidos. E hoje é senador da República, representando com competência a Paraíba.

– Tenho sincero respeito pela trajetória do senador Cícero Lucena. Não concordei com o apoio à reeleição de José Maranhão, mas agora quero trabalhar pela união e fortalecimento do PSDB na Paraíba – afirma Romero.

O parlamentar fez questão de ressaltar que não se deve mais olhar o retrovisor, os problemas passados em 2010, e deve ser promovido um encontro em breve com vistas à unidade partidária.

Ele acentua que se houver mudança da presidência do PSDB, essa se fará de forma conciliatória, sem haver afastamento de nenhum membro, mas que esse assunto deve ser tratado internamente, sem atropelos.

Finaliza dizendo que o senador eleito Cássio Cunha Lima deveria assumir o destino do partido, visto as expressivas votações que ele obteve nas últimas eleições, mas se isso acontecer será de forma tranqüila e serena, pela própria relação harmônica que Cássio mantém com Cícero Lucena.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Avante-JP está livre para escolher quem apoiar em 2020, diz Genival Matias

Em entrevista concedida à emissora de rádio em João Pessoa, o deputado federal e presidente do diretório do Avante na Paraíba, Genival Matias deixou a critério do diretório da sigla…

Bancada federal volta a se reunir nesta terça-feira para debater emendas

O deputado federal Efraim Filho (DEM) convocou reunião da bancada federal paraibana para a terça-feira (22) às 17hs, na sala da Presidência da Comissão de Educação, anexo II ala C…