O presidente do Partido dos Trabalhadores no Estado da Paraíba, Rodrigo Soares, se reuniu nesta quinta-feira (31), em São Paulo, com o presidente nacional do partido, Rui Falcão. Na oportunidade, os dirigentes petistas avaliaram a reta final do Processo de Eleições Diretas (PED) e a conjuntura política para as eleições de 2014.

O presidente do PT paraibano lembra que o processo de eleições diretas do PT é um importante momento, em que a militância fará a renovação e escolha dos novos dirigentes do partido. “Este é um momento importante para a história do Brasil. Petistas de todo o país irão às urnas no próximo dia 10 de novembro e escolherão as novas representações nacional, estaduais e municipais do partido, avançando num projeto para o país que já foi governado pelo ex-presidente Lula e atualmente está sob o comando da presidenta Dilma Rousseff”, disse.

Ainda segundo Rodrigo Soares, “Após o processo de eleições diretas, o Partido dos Trabalhadores irá intensificar o diálogo com o conjunto dos partidos aliados da base, discutindo o programa de governo para 2014, a pré-candidatura da presidenta Dilma Rousseff que disputará a reeleição, como também construir nos estados alianças importantes e, conseqüentemente, candidaturas sintonizadas com o projeto nacional”.

O presidente do PT paraibano defende que em 2014 na Paraíba o partido apresente candidaturas ao Governo do Estado e ao Senado Federal, dentro do bloco PT, PP e PSC. “Vamos continuar dialogando com os partidos da base da presidenta Dilma, para fortalecer ainda mais o “blocão” atualmente formado pelo PT, PP e PSC. Juntos, traçaremos as estratégias para as eleições do próximo ano, dialogando com os movimentos populares e com a sociedade.”, destacou.

Assessoria de Imprensa

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Saiba como se dá escolha de candidatos para eleições municipais

Não há eleições ordinárias em 2019, mas a Justiça Eleitoral e os partidos políticos já estão em plena preparação para as Eleições Municipais de 2020. Essa antecipação se justifica pelo…

Vereador alerta para o risco de desabamento de prédio em CG e cobra atuação dos órgãos de fiscalização

Quem nunca se pegou “apreensivo” ao passar perto de uma obra e ter medo de que algo caia lá de cima que atire a primeira pedra. Isso é mais comum…