Por pbagora.com.br

Rodrigo reafirma apoio a Maranhão e dispensa aliança com RC: “só tenho a lamentar que o PSB tenha seguido Efraim e um governador cassado”

Mesmo com a confiança do prefeito Ricardo Coutinho no que diz respeito a possível aliança com o PT, o presidente estadual da sigla na Paraíba, deputado Rodrigo Soares, rechaçou qualquer hipótese de uma composição com o bloco liderado pelo PSB na Paraíba.

O dirigente rebateu declarações do pré-candidato ao Governo Ricardo Coutinho (PSB) de que caberia espaço para o partido do presidente Lula na chapa do PSB da Paraíba.

“Não entendo, até hoje porque o PSB apoiou o bloco formado pelo PT,PMDB , PC do B e PRB e depois  foi para o ninho do DEM e do PSDB, nós estamos governador a PB, o PT tem muita responsabilidade com o povo da Paraíba e não vai mudar de posição”, desabafou.

Segundo Rodrigo, o PT tem buscado a coerência em sua atuação política e  irá continuar ao lado de quem tem responsabilidade com a sociedade, que é o Governador José Maranhão (PMDB).

Outro fator determinante para a aliança é a conjuntura nacional, em face do apoio do PMDB ao projeto de eleição de Dilma Russef (PT), para presidente da República.

Outro ponto que o bloco não abre mão é a recondução de Luciano Cartaxo (PT), a vice-governadoria na chapa de José Maranhão, já que o petista tem desempenhado seu papel de maneira satisfatória”, defendeu.

Por fim Rodrigo desabafou sobre a intenção do PSB e mandou o recado:

“Lamento que o PSB tenha trilhado outros caminhos ao lado de Efraim Moraes e do Governador cassado Cássio Cunha Lima”, ironizou e afirmou não entender como um partido consegue fugir da responsabilidade e se aliar com quem foi cassado por corrupção eleitoral.

 

 

PB Agora

 

Notícias relacionadas

Bastidores: 4 nomes despontam na bolsa de apostas para disputar vaga deixada por Zé no Senado

Apesar de faltar mais de um ano para a realização das eleições estaduais de 2022, nos bastidores as movimentações são intensas, sobretudo no tocante a vaga para o Senado Federal…

PL que torna atividade religiosa essencial é aprovado na CMJP e depende de sanção

Em sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (04), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), aprovou um projeto de lei que classifica as igrejas e templos de qualquer culto religioso como…