Único candidato ao Senado Federal pela chapa emedebista, o ex-governador Roberto Paulino (MDB), disse, durante entrevista na tarde desta terça-feira (25) que após essas eleições deixará a vida pública. Segundo ele, já não se sente mais confortável em disputas.

 

A surpresa de ontem ficou por conta dessa declaração do ex-governador Roberto Paulino (MDB), numa emissora de rádio: após esta eleição, na qual concorre como candidato ao Senado, ele jamais disputará outro cargo eletivo. Jamais? Isso mesmo. “Não sinto mais vontade de ser [candidato]”, justificou.

 

Roberto ainda informou que escreverá um livro de memórias, onde narrará episódios de campanhas políticas. Nas recentes pesquisas Roberto Paulino sempre está na quinta posição, atrás de Cássio, Veneziano, Couto e Daniella.

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian desqualifica acusações de ex-dirigente do PSL/SE: “Não é ninguém”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL/PB, reagiu, nesta terça-feira (22), às declarações do ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantela, contra ele – sobre um suposto complô na legenda…

Adriano Galdino recebe título de cidadão pessoense e Medalha Epitácio Pessoa

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, recebeu, nesta segunda-feira (21), o título de cidadão pessoense e a Medalha Epitácio Pessoa, durante sessão solene realizada em conjunto…