O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), desconversou, nesta quarta-feira (11), em entrevista concedida ao programa Rádio Verdade, da Rádio Arapuan, quando questionado se o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia expressado o desejo de apoiá-lo como candidato ao Governo do Estado em 2010.

“Isso tem que ser perguntado ao presidente, isso tem que ser perguntado a outras pessoas. Eu jamais poderia dizer que o presidente disse isso ou não. O que eu sei é que nossa aliança com o presidente Lula é uma relação de muitos anos, de todas as campanhas do presidente”, afirmou Ricardo Coutinho.

O prefeito contou que o que Lula lhe disse foi que em 2010 não será candidato e terá muito mais possibilidades de andar pelos estados apoiando os companheiros que porventura pertençam ao pensamento comum, no campo democrático e popular.

“É claro que esse respeito gerado com o presidente, durante toda essa trajetória, para mim é muito importante manter, independente de ser candidato ou não. E não se iludam, pois o presidente Lula, mais do que nunca, vai estar presente em todo esse processo. Vai ser um eleitor privilegiado no Brasil de 2010”, declarou Ricardo.

Edvanildo Lobo

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tréplica: em nota, associação do MP repudia declarações de RC contra entidade

A Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) divulgou, nesta segunda-feira (25), nota de repúdio para rebater as declarações do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em ‘live’ pelas redes sociais…

Ruy lamenta falecimento do ex-prefeito Dinaldo Wanderley

O deputado federal Ruy Carneiro lamentou o falecimento do ex-prefeito de Patos e ex-deputado estadual Dinaldo Wanderley, neste domingo (24). O político paraibano estava internado há vários dias no hospital…