“Em 2012, o povo pedia hospital e creche. Em 2016, passou a pedir emprego. Em 2019, o povo tá pedindo um trocado”. Foi com essa postagem que o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSL) resumiu o atual momento econômico do país.

Esta não é a primeira vez que Ricardo tem se mostrado contrário a política adotada pela gestão do presidente da República Jair Bolsonaro.

O ex-governador da Paraíba analisou, em postagem feita em seu perfil numa rede social, que tem observado nas maiores cidades do país um aumento da quantidade de pessoas em situação de rua.

Citando o diretor geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Graziano da Silva, o baixo crescimento econômico tem trazido a fome de volta ao país. “Gera desemprego ou subempregos que não conseguem alimentar uma família”, escreveu.

 

 

Foto: reprodução / instagram

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“A cultura política sempre conviveu com a corrupção”, diz especialista

Ao analisar os recentes escândalos de corrupção envolvendo diversos políticos paraibanos, o cientista político e professor doutor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcio Flávio, disse que essas revelações pela…

PB: ‘Luanda Leaks’ traz novos detalhes sobre dinheiro desviado de Angola

A informação de que dinheiro desviado de Angola teria financiado empreendimentos de luxo na beira mar de João Pessoa na Paraíba, trouxe novos detalhes, em matéria publicada ontem à noite…