“Em 2012, o povo pedia hospital e creche. Em 2016, passou a pedir emprego. Em 2019, o povo tá pedindo um trocado”. Foi com essa postagem que o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSL) resumiu o atual momento econômico do país.

Esta não é a primeira vez que Ricardo tem se mostrado contrário a política adotada pela gestão do presidente da República Jair Bolsonaro.

O ex-governador da Paraíba analisou, em postagem feita em seu perfil numa rede social, que tem observado nas maiores cidades do país um aumento da quantidade de pessoas em situação de rua.

Citando o diretor geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Graziano da Silva, o baixo crescimento econômico tem trazido a fome de volta ao país. “Gera desemprego ou subempregos que não conseguem alimentar uma família”, escreveu.

 

 

Foto: reprodução / instagram

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cinco deputados paraibanos assinam pedido de CPI da ‘Lava Jato’ na Câmara

O pedido de CPI da Lava Jato foi validado pela Mesa da Câmara dos Deputados nesta última sexta-feira (13). A Mesa validou 175 das mais de 200 assinaturas obtidas pela…

“De minha parte não vou colocar nenhuma lenha na fogueira”, disse Veneziano sobre crise no PSB

Ainda sobre a entrevista do senador Veneziano Vital do Rêgo ontem (12), numa emissora da capital, quando questionado sobre a crise interna no PSB, o socialista adotou a medida do…