Eleito líder nacional do Partido Republicano (PR), o deputado federal paraibano Wellington Roberto deu uma espécie de ultimato ao presidente Jair Bolsonaro essa semana, ao se posicionar contrário a pontos da Reforma da Previdência.

De acordo com o deputado paraibano, pontos da reforma que abrangem professores e trabalhadores rurais precisam ser revistos.

O líder partidário garantiu ainda que caso a situação desses dois segmentos não seja modificada, o PR não votará pela aprovação do texto.

– Nós tomamos a decisão de fechar questão em relação aos professores, como também do trabalhador rural. As mulheres e homens do campo estão sujeitos a câncer de pele, se expondo diariamente ao sol, sem uma renda que possa contribuir como o governo tem pensado em fazer. Essa mudança, que está dentro do bojo do projeto da reforma da Previdência nós não vamos aceitar de forma alguma – disse o deputado.

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vídeo: Efraim Filho reafirma compromisso com HU de Cajazeiras “Vamos batalhar”

O deputado federal Efraim Morais Filho (DEM-PB), líder da bancada paraibana no Congresso, reafirmou seu compromisso com o projeto de Construção do Hospital Universitário de Cajazeiras. “Vamos batalhar até o…

Justiça suspende votação da reforma da Previdência na Assembleia

O texto da reforma da Previdência encaminhado à Assembleia pelo Executivo foi judicializado. Uma liminar concedida nesta quarta-feira (11) pelo Tribunal de Justiça da Paraíba determinou a suspensão da apreciação…