Eleito líder nacional do Partido Republicano (PR), o deputado federal paraibano Wellington Roberto deu uma espécie de ultimato ao presidente Jair Bolsonaro essa semana, ao se posicionar contrário a pontos da Reforma da Previdência.

De acordo com o deputado paraibano, pontos da reforma que abrangem professores e trabalhadores rurais precisam ser revistos.

O líder partidário garantiu ainda que caso a situação desses dois segmentos não seja modificada, o PR não votará pela aprovação do texto.

– Nós tomamos a decisão de fechar questão em relação aos professores, como também do trabalhador rural. As mulheres e homens do campo estão sujeitos a câncer de pele, se expondo diariamente ao sol, sem uma renda que possa contribuir como o governo tem pensado em fazer. Essa mudança, que está dentro do bojo do projeto da reforma da Previdência nós não vamos aceitar de forma alguma – disse o deputado.

 

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líder na ALPB diz ser contra privatização das BRs 101 e 230 na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana o ex-deputado federal e líder do bloco governista o deputado estadual Wilson Filho (PTB) opinou sendo contrário, a inclusão dos trechos das BRs 101 e…

ANÁLISE – Oposições depositam esperanças de êxito nas eleições de 2020 num racha de RC com João

É notório o esforço desmedido das oposições para promover um rompimento político entre o governador João Azevedo e o seu antecessor Ricardo Coutinho. O noticiário, os comentários de alguns segmentos…