Após declarações de dirigentes tucanos em defesa da reforma da Previdência, como o atual presidente da sigla, Geraldo Alckmin, e o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, líderes governistas cobraram que a bancada do PSDB na Câmara obrigue seus deputados a votar a favor da proposta.

 

As declarações são vistas com ressalvas entre os aliados da base. “O discurso (pró-reforma) é um reforço bem-vindo. A grande expectativa é se o discurso não vai destoar da prática”, disse o líder do DEM, Efraim Filho (PB).

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“O que eu pretendo é ser expulso” dispara Moacir sobre imbróglio no PSL

Não é de hoje que o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) vem vivendo um imbróglio dentro da sigla na Paraíba. A celeuma entre ele e o presidente do partido na…

Haddad defende realinhamento entre João Azevêdo e RC

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à presidência da República Fernando Haddad (PT) defendeu, em entrevista concedida à emissora de rádio em João Pessoa, que a paz volte a…