A Paraíba o tempo todo  |

“Quem votou nesse lixo não tem vergonha?”, questiona Jackson após Bolsonaro associar vacina à Aids

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores da Paraíba, Jackson Macêdo, comentou sobre a recente declaração em que o presidente da República Jair Bolsonaro divulgou uma notícia que associava a vacina contra a covid-19 com a Aids. Para Jackson , o presidente merecei ser preso, por essa Fake News.

“Quem votou nesse lixo não tem vergonha? O que falta pra ele ser preso?”, afirmou o presidente estadual do PT da Paraíba, ao postar uma matéria sobre esse assunto. Veja: https://www.instagram.com/p/CVasTxSLWpgUDKA26PzTaZCtbQKrG0z-UPff_Y0/

Em decisão inédita da plataforma, o Facebook tirou do ar a live em que o presidente da República Jair Bolsonaro divulgou uma notícia que associava a vacina contra a covid-19 com a Aids. O vídeo não está mais disponível nem na página oficial do chefe do Executivo no Facebook, nem no perfil do Instagram. As informações são da Folha de São Paulo.

A companhia afirma que a exclusão foi feita por identificar o desrespeito das políticas da empresa em relação à vacina da covid-19. “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas”, disse o porta-voz do Facebook.

Esta é a primeira vez que a empresa tira do ar uma live do presidente. Até então, a companhia derrubou apenas um post em que o presidente citava o uso de cloroquina para o tratamento de covid-19.

Entenda o caso

Na última quinta-feira (21/10), Bolsonaro leu, na live semanal, duas notícias dos sites Stylo Urbano e Coletividade Evolutiva, que, baseados em inexistentes relatórios ‘oficiais’ do Reino Unido, afirmavam que pessoas com a imunização completa contra a covid-19 se tornavam mais vulneráveis à síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids).

Após divulgar a informação, que é uma inverdade, o presidente disse que não iria ler a íntegra da notícia para não sofrer sanções das redes sociais. “Não vou ler para vocês aqui, porque posso ter problemas com a minha live. Não quero que ‘caia’ a live. Quero dar informações concretas”, apontou.

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe