Vice-presidente nacional do PSL, o deptuado federal eleito Julian Lemos, do PSL, rechaçou as críticas de setores de oposição no tocante a indicação do juiz federal, Sérgio Moro para ocupar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública no futuro Governo Jair Bolsonaro. Para ele, apenas os que temem ser presos por terem cometido irregularidades é que devem se preocupar.

“Quem estiver achando ruim é porque, com certeza, está com medo de ser preso também. Eu não vejo hoje um cidadão de bem, um político com conduta ilibada preocupado se Sérgio Moro é ministro da Justiça. Agora, quem roubou, não tenho dúvida, tem que colocar as barbas de molho”, afirmou.

 

PB Agora

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empresário reforça pré-candidatura a prefeito de Campina Grande

O empresário Arthur Bolinha (PSL), reforçou a sua pré-candidatura a prefeitura de Campina Grande. Em entrevista ele ratificou que está colocado como pré-candidato a prefeito de Campina Grande e garantiu…

Análise – ALPB abre os trabalhos em fevereiro com duas bombas: a Fundação PB Saúde e reforma da Previdência

O brasileiro costuma afirmar que o ano só começa após o carnaval. Essa afirmação momesca, no entanto, reside no imaginário coletivo do povo brasileiro, mas, de fato, um novo ciclo…