Vice-presidente nacional do PSL, o deptuado federal eleito Julian Lemos, do PSL, rechaçou as críticas de setores de oposição no tocante a indicação do juiz federal, Sérgio Moro para ocupar o Ministério da Justiça e da Segurança Pública no futuro Governo Jair Bolsonaro. Para ele, apenas os que temem ser presos por terem cometido irregularidades é que devem se preocupar.

“Quem estiver achando ruim é porque, com certeza, está com medo de ser preso também. Eu não vejo hoje um cidadão de bem, um político com conduta ilibada preocupado se Sérgio Moro é ministro da Justiça. Agora, quem roubou, não tenho dúvida, tem que colocar as barbas de molho”, afirmou.

 

PB Agora

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Reforma da Previdência: Daniella e Maranhão votam a favor; Veneziano contra

Por 60 votos a favor e 19 votos contrários, o plenário do Senado Federal aprovou na noite de ontem, terça-feira (22), em segundo turno, o texto-base da reforma da Previdência…

Especialista critica excesso de partidos na Paraíba: “Termina prejudicando”

O cientista político Lúcio Flávio Vasconcelos, doutor em história política pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), afirmou, em entrevista a imprensa esta…