Por pbagora.com.br

Quatro suplentes de deputados do PSB entram nesta quinta-feira (2) com ação na Justiça para reaver mandatos dos deputados Guilherme Almeida, Leonardo Gadelha, Carlos Batinha e Nadja Palitot, desfiliados do partido, acusando-os de infidelidade partidária e sob o fundamento de que o mandato é da legenda, conforme definiu o Supremo Tribunal Federal.

Alexandre Urquiza, Tonquinho de Sousa, o ex-vereador Fuba e José William estiveram reunidos com o advogado Ricardo Servúlo nesta quinta e decidiram dar entrada nesta sexta em ação para reaver mandato.

Em Brasília, o suplente de deputado federal José Bonifácio também fará o mesmo de olho nos mandatos ocupados hoje pelo deputado Manoel Júnior e Marcondes Gadelha, também desfiliados do PSB.

No Brasil, o ex-deputado paraibano Walter Brito Filho, que mudou de partido após a definição das novas regras de filidelidade partidária,  teve que deixar uma cadeira na Câmara Federal após decisão do TSE que repassou o mandato para o suplente Major Fábio, do DEM.

PB Agora

Notícias relacionadas

Opinião: leal, Cícero garante apoio à reeleição de Azevêdo enquanto a oposição “vive” a dúvida

A lealdade é um dos pilares que sustentam o real valor do homem. Baseado em tal fato, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), confirmou seu apoio à reeleição…

Após confirmar saída do PTB, Wilson Santiago recebe convite de 8 siglas

O deputado federal Wilson Santiago, que foi afastado do comando do PTB da Paraíba por não concordar com posicionamentos da sigla a nível nacional, confirmou que irá sair da sigla…