Espetacularização. Foi assim que o Partido dos Trabalhadores classificou, por meio de nota divulgada à imprensa, a ação da Polícia Federal que cumpriu mandado de prisão preventiva contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB).

CONFIRA

 

O Partido dos Trabalhadores repudia a espetacularização política e midiática em torno das investigações e da decisão judicial desta terça (17/12) envolvendo o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) e diversas pessoas ligadas aos seus dois mandatos.

Uma investigação que deveria se revestir de sobriedade e objetividade foi mais transformada em prejulgamento na mídia, apesar da fragilidade técnica e jurídica da medida cautelar que decretou as prisões.

Causa espanto, por exemplo, a ordem de inclusão do nome de Coutinho na lista de alertas da Interpol, ato que não encontra qualquer justificativa na conduta do ex-governador.

É igualmente estranho o fato de a Rede Globo ter sido informada com antecedência e, em razão disto, ter transformado a operação policial em um espetáculo sensacionalista. Como tem sido praxe em casos que envolvem lideranças do campo popular, a acusação comanda a notícia sem que a defesa tenha direito equivalente.

O Estado de Direito precisa ser respeitado e o direito à ampla defesa não pode ser violado por práticas típicas do lawfare.

Brasília, 17 de dezembro de 2019.

Gleisi Hoffmann
Presidenta do Partido dos Trabalhadores

Paulo Pimenta
Líder do PT na Câmara

Humberto Costa
Líder do PT no Senado

Jackson Macedo
Presidente do PT da Paraiba

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim diz que rompimento do DEM com Bolsonaro não foi discutido pelo partido

Essa semana, após as últimas declarações do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido, sobre o coronavírus, principalmente o polêmico pronunciamento em que ele desconsidera a gravidade do avanço do…

PSOL denuncia Cabo Gilberto ao MPPB e o acusa de contribuir com pandemia

Em comunicado divulgado na tarde desta sexta-feira (27), o presidente do PSOL na Paraíba, Tárcio Teixeira, denunciou o deputado estadual Cabo Gilberto por, segundo ele, convocar as pessoas para manifestação…