Por pbagora.com.br

Eleito presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande, o professor Hermano Nepomuceno, quer uma chapa competitiva para a Câmara Municipal da cidade e frente ampla das oposições.
Em entrevista à Rádio Panorâmica FM, ele disse que preciso montar uma frente ampla com todos os partidos que comungam da mesma vertente de pensamento.

Segundo Hermano, o Brasil passa por um momento preocupante onde a extrema direita está no poder e é preciso unir forças para as eleições que se avizinham. Ele citou que é preciso construir uma chapa competitiva para a Câmara Municipal de Campina Grande e não descartou a possibilidade de ser apresentado como candidato a prefeito pelo PT na cidade.

– Estamos em um quadro político extremamente complicado. Temos um governo de extrema direita que está violando a liberdade democrática.   Isso exige uma política de frente ampla para enfrentá-lo. Vamos trabalhar emergencialmente para construir uma chapa competitiva para a Câmara de Vereadores – disse.

Hermano também admitiu a possibilidade da candidatura própria do PT a prefeito em 2020, mas ressaltou que a decisão será tomada pelos petistas no momento oportuno. Ele foi eleito em segundo turno com 309 votos. Em sua plataforma de campanha, Nepomuceno defendeu que o partido formalize coligações com outras legendas para as eleições de 2020.

O presidente eleito do PT terá um grande desafio: fazer com que o partido volte a ter protagonismo na política campinense, algo que vem se perdendo desde o fim da gestão da ex-prefeita Cozete Barbosa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após dificuldades na apuração pesquisa Veritá para o 2º turno em JP é cancelada

Um pesquisa que iria divulgar números da disputa pela PMJP no 2º turno, encomendada pelo Instituto Veritá, não será divulgada. A previsão era para esta sexta-feira (27) e deveria ouvir…

Damião Feliciano antecipa 2022: “O nosso lado é o do governador do Estado”

O deputado federal Damião Feliciano evitou antecipar os objetivos do PDT, sigla da qual faz parte, para as eleições de 2022, quando a Paraíba votará para presidente, senadores, deputados estaduais…