Efeito Marina/ Campos: PSDB vai ceder inserções para que paraibano conheça Aécio

A aliança entre Eduardo Campos e Marina Silva não mexeu apenas nas articulações do PT para 2014. O PSDB também começa a se movimentar e a lançar suas estratégias. O PSDB da Paraíba, por exemplo, decidiu ceder 50% do seu tempo de horário eleitoral no Rádio e na TV para o presidenciável Aécio Neves. A estratégia visa uma aproximação maior do tucano com o eleitorado paraibano. 

O material deve ir ao ar entre os dias 1 e 18 de novembro e sua destinação ao senador tem como objetivo torná-lo mais conhecido do eleitor da Paraíba.

– Nas pesquisas que realizamos, verificamos que muitos paraibanos ainda não conhecem Aécio Neves. E você não pode votar em quem não conhece. Por isso, o PSDB decidiu ceder metade da propaganda a ele – explicou Ruy.

O dirigente tucano também avaliou o saldo das filiações e desfiliações ocorridas no início do mês e disse que o PSDB, apesar de algumas perdas, saiu ganhando no processo:

– O partido ganhou muito mais que perdeu. João Fernandes saiu do PSDB porque o grupo Dunga entrou. É algo natural na disputa pelas bases que eles têm. Hervázio Bezerra queria uma garantia de nosso apoio à candidatura de Ricardo Coutinho à reeleição. Não podemos dar essa garantia e ele saiu. Quanto a Buba Germano, ele já estava praticamente fora porque a esposa já estava em outro partido.



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…

Bolsonaro deve demitir Mandetta ainda nesta segunda-feira, diz O Globo

A demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi confirmada ao jornal O Globo por auxiliares do presidente da República, Jair Bolsonaro. O texto foi publicado pelo jornal na…