Depois da executiva nacional do PSDB decidir pela neutralidade nas eleições presidenciais, durante o segundo turno do pleito, agora será a vez da executiva estadual do partido na Paraíba decidir se seguirá o mesmo caminho, ou se tomará partido, pró Jair Bolsonaro no 2º turno das eleições.

Segundo o presidente da sigla, Ruy Carneiro, uma reunião para este final de semana definirá como o partido irá se portar.

"Foi uma reunião bastante tumultuada, inclusive teve um mal estar entre Alckmin e Dória. Enfim, nós vamos nos reunir no final de semana. A maioria tem me sinalizado esse sentimento. Mas eu prefiro que se faça a reunião para que não se faça nenhuma preciptação", disse.

Na Paraíba, tucanos como o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) declararam, já no primeiro turno, apoio a Bolsonaro, ignorando a candidatura de Geraldo Alckmin. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que foi derrotado, chegou a fazer elogios a Bolsonaro no primeiro turno do pleito, mas ainda não chegou a declarar qual será seu posicionamento neste segundo turno – se a neutralidade, ou o apoiol ao PSL, já que a adesão ao Partido dos Trabalhadores está descartada.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: clã Cunha Lima inicia “ensaio” para voltar ao Governo da PB com Pedro

O protagonismo político do clã Cunha Lima na Paraíba foi, de certa forma, sepultado com a amarga derrota do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que, no pleito de 2018, em…

Hervázio: “Aliados estão ‘inquietos’ e querem um desfecho da crise do PSB”

Ainda sobre a crise deflagrada dentro do Partido Socialista Brasileiro na Paraíba que colocou em lados opostos o governador João Azevedo e o ex governador Ricardo Coutinho, o deputado estadual…