Uma manifestação contra o texto da reforma da Previdência encaminhado à Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) deixou ferido o professor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Nelson Júnior, ferido.

A manifestação aconteceu nesta terça-feira (31) e foi marcada por um intenso tumulto. Os manifestantes são contra o aumento da alíquota da Previdência para os servidores municipais.

O professor, que é membro do Psol, foi ferido na cabeça e, segundo a assessoria da sigla, Nelson foi atendido no Hospital de Trauma de Campina Grande.

Em nota, o PSol lamentou o ocorrido e prestou solidariedade ao professor.

Confira nota na íntegra:

O PSOL Paraíba lamenta o ocorrido hoje na Câmara Municipal de Campina Grande, onde o companheiro filiado e dirigente do nosso partido, Professor Nelson Junior, sofreu um ferimento durante a votação da reforma na Previdência dos Servidores Municipais. O mesmo estava participando de um protesto contra o aumento da alíquota previdenciária para 14% aos trabalhadores da Prefeitura, consequência da reforma. Nelson sofreu um corte próximo ao olho esquerdo durante o protesto e foi levado ao Hospital de Trauma da cidade, e após receber o atendimento encontra-se em recuperação.

Atos como este nos mostram o quão dispostos estão os vereadores a aprovar um aumento de alíquota previdenciária que afeta o salário dos servidores nos últimos dias do ano. O PSOL se solidariza com o companheiro e com todas e todos que estiveram presentes no protesto. O trabalhador campinense tem o poder de reivindicar seus direitos e debater sobre um desconto tão significativo.

PSOL-PB um partido que não foge da luta.

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições: Ruy garante que seu nome na disputa pela PMJP “já está definido”

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) reforçou, em entrevista nessa sexta-feira (17), que a sua pré-candidatura à prefeitura Municipal de João Pessoa está posta e é certa. Ruy enfatizou que…

Opinião: o crime compensa! Para quem rouba muito, faz delação e devolve um pouquinho do roubo

No turbilhão de informações que recebi na minha ingênua tenra idade, aprendi com os meus pais e mestres que o crime não compensa. Assim o tempo passou e, já na…