Por pbagora.com.br

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Cabedelo-PB, cobrou as contribuições previdenciárias dos servidores da Câmara Municipal de Cabedelo ao Instituto de Previdência dos Servidores.

 

O inquérito versa sobre a falta de repasse das contribuições previdenciárias recolhidas na fonte pela Câmara Municipal de Cabedelo dos servidores públicos dessa casa legislativa, no período quando o presidente desta Casa Legislativa era exercida por Lucas Santino, no ano de 2016, diz o ato assinado pelo promotor de Justiça       Ronaldo Guerra, datada do último dia 13 de março deste ano.

 

Veja:

""

 

Redação

 

 

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

 

Notícias relacionadas

Opinião: deputados negacionistas não contribuem com Cícero e Azevêdo

O ser humano é quase um “objeto”. Objeto complexo que pensa saber pensar. Contudo, nada sabe, ou sabe muito pouco. Existe a bondade, mas as atitudes atrozes que plantou, germinou…