O PV Nacional se reuniu com líderes de diversos partidos, entre eles o PSB para tratar das eleições municipais de 2020, em todo país. Na Paraíba, no entanto, esses dois partidos são de bancadas opostas, todavia, nos bastidores, começa-se a especular uma possível aproximação entre o prefeito Luciano Cartaxo (PV), que já não disputará nenhum cargo no próximo pleito, e o governador João Azevêdo (PSB), que está no primeiro ano de mandato.

Nesta sexta-feira (01), durante a entrega de equipamentos de grande porte para a manutenção da cidade, no programa João Pessoa em Ação, o prefeito, em entrevista, acabou deixando o caminho aberto para uma possível aproximação, afirmando que quem maturidade e equilíbrio quando o assunto é a política.

Cartaxo disse ainda que não trata adversários como inimigos, e busca sempre somar e apresentar ideiais.

“Minha trajetória sempre foi de não transformar adversário em inimigo, então procuro somar, apresentar ideias, propostas para a cidade de João Pessoa e mostrar que é possível fazer mais pelo nosso povo”, declarou.

O prefeito foi instigado por jornalistas a comentar o possível racha entre o governador João e o ex-governador Ricardo, mas preferiu não entrar no tema, ao ressaltar que a briga não faz parte do seu cotidiano.

“Sou da paz”, arrematou.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Cartaxo não leu Darwin e coloca sua própria evolução política em risco

“Publicada em 1859 pelo cientista britânico Charles Darwin, a obra “Sobre a origem das espécies através da seleção natural” introduziu pela primeira vez a ideia da evolução por meio da…

João transmite cargo para Lígia e vai à Europa em busca de investimentos

O governador João Azevêdo transmitiu, nesta sexta-feira (15), o cargo à vice-governadora Lígia Feliciano que ficará à frente do Poder Executivo durante o período que o gestor irá cumprir missão…