Mau estado de conservação dos ônibus foi a principal irregularidade identificada. A PRF flagrou 142 infrações de trânsito em apenas dois dias de Operação.

A Polícia Rodoviária Federal realizou em todo o país a Operação Volta as Aulas 2020. A ação ocorreu entre os dias 09 e 10 de Março e teve como foco principal a fiscalização voltada a veículos de transportes de escolares.

O objetivo da Operação foi fiscalizar a qualidade do transporte escolar e conscientizar os condutores e passageiros sobre a importância do respeito à legislação de trânsito para prevenir os acidentes e preservar vidas.

Durante todo o período da Operação foram flagrados 142 infrações de trânsito em veículos que realizam o transporte escolar. O que chamou a atenção dos policiais é que muitas dessas infrações estavam relacionadas ao mau estado de conservação do veículo, como por exemplo pneus carecas, e falta de equipamentos obrigatórios ou em mau estado, como cintos de segurança quebrados ou inexistentes. Esses são itens básicos para o transporte com segurança.

Foram identificados também ônibus que possuíam identificação de serem adaptados para o transporte de Pessoas Com Deficiência mas que não possuíam elevadores de acessibilidade. Também foram flagrados 16 condutores que não possuíam autorização para realizarem a condução de veículos escolares.

A Polícia Rodoviária Federal reforça que a fiscalização de transportes escolares continuará de forma rotineira durante todo o ano. A fiscalização além de educar os passageiros mostrando a importância de usar cinto de segurança, por exemplo, também visa retirar de circulação veículos que não atendam as determinações do código de trânsito para realizar transporte de escolares.

A PRF orienta a todas as pessoas que visualizarem irregularidades no transporte de escolares trafegando em rodovias federais, que entre em contato com a Polícia através do telefone 191, para que as abordagens possam ser realizadas.

 

Redação com PRF

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: A pandemia é uma questão de saúde pública. Mas é difícil não politizar o assunto. Afinal…

Um dos aspectos mais negativos da pandemia que se abate sobre o mundo, com a proliferação do novo coronavirus é a conotação político-partidária que se dá à discussão sobre tão…

“Sabemos que o impacto será violento”, diz presidente da Sinduscon-JP sobre prejuízos devido à pandemia do Covid-19

O novo vírus, que surgiu na China no início deste ano, rapidamente se espalhou pelo mundo inteiro. No Brasil, um empresário de 61 anos vindo da Itália entrou no País…