A Paraíba o tempo todo  |

PRESSÃO: DEM quer vaga na chapa majoritária do PSB

PRESSÃO: DEM quer vaga na chapa majoritária do PSB e Efraim sonha em voltar para Brasília

 

Com a sua principal liderança política desprovido de mandato eletivo, o Democráticas quer uma vaga na chapa majoritária a ser encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho (DEM). O presidente do partido, o ex-senador Efraim Morais, garantiu que o DEM tem história e estrutura suficiente para compor com o PSB.
Efraim que é secretário de Infraestrutura e sonha em voltar a Brasília, investido de um novo mandato, já deu mostras de que pretende disputar o mandato de senador. Para isso, ele defende a manutenção da aliança com o PSB e PSDB para as eleições de outubro deste ano, mas com participação na chapa majoritária.

Efraim observou ainda que o partido tem um peso importante e que merece participar dessa chapa, porém ele não informou para qual cargo e nem os pré-candidatos, que serão definidos após a consolidação das coligações.

Segundo Efraim, ter um filiado do Democratas na chapa majoritária é natural e que a história das eleições na Paraíba mostrariam o peso que o partido tem nas decisões. Voltando no tempo, ele ele exemplificou com as eleições de 2002, que elegeu ao governo do Estado o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), depois quando teve o ex-vice-governador José Lacerda Neto e em 2010, quando elegeu Ricardo Coutinho (PSB).

“É evidentemente que queremos e deveremos participar na chapa majoritária porque a própria história mostra que, nos últimos 12 anos, os Democratas foram o fiel da balança nas últimas eleições”, disse.

Efraim ainda disse que o Democratas foi o primeiro partido a sinalizar o apoio a candidatura de Ricardo Coutinho e Cássio Cunha Lima, em 2010, e que seria justo dar continuidade a essa aliança que “está dando certo para a Paraíba e a força que tem partido”.

Ele apontou que o seu partido tem a maior bancada de apoio ao governador na Assembleia Legislativa da Paraíba, “maior até que a do PSDB e do próprio PSB”, tem 24 prefeitos, mais de 200 vereadores e representação na bancada federal. “É justo que esse partido também participe dessa chapa majoritária que sem dúvida será vencedora na eleição de 2014”, afirmou.

Filho do ex-senador, o deputado federal, Efraim Moraes Filho (DEM) também acredita na manutenção da aliança. Ele afirmou que há apenas 50% de chance real para que a aliança entre o PSDB e PSB seja mantida para as eleições de outubro. Ele disse que o seu partido está conversando com o PSB e deve decidir pela permanência da aliança antes de junho quando acontecem a convenção da legenda.

“O diálogo existe. O canal está aberto e se tem conversado. A gente torce pela manutenção da aliança, mas vamos aguardar o posicionamento entre os principais protagonistas dessa história”, disse.

“Logicamente que qualquer decisão política para essas eleições, inclusive, no caso da manutenção da aliança, passa por um processo de transparência interna, por um processo democrático de consulta as bases. Veja só a importância dos Democratas que é a maior bancada de apoio ao governo na Assembleia Legislativa, portanto essencial para a governabilidade”, destacou.

 

Severino Lopes

PBAgora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe