O Presidente do Diretório Municipal do PSB de João Pessoa, ex-deputado estadual Chico Lopes, se pronunciou na manhã desta quarta-feira a respeito
da polêmica instalada em alguns setores, tratando das eleições 2010.

Para o presidente do PSB, é preciso ver o grande momento que o partido vive hoje na Paraíba, após a vitória em importantes municípios, a eleição de uma
forte bancada de vereadores e um crescimento eleitoral invejável.

De acordo com Chico Lopes, a audiência do Presidente do PSB paraibano, Prefeito Ricardo Coutinho, com o Presidente Lula, na presença do Presidente
do PT, Deputado Luiz Couto, é uma reafirmação do peso e da importância desse partido para os destinos do nosso Estado.

Chico Lopes afirmou que o partido está coeso, citando a reunião do Diretório Municipal realizada no último sábado (07), que montou um calendário para os
próximos seis meses e reafirmou a construção do projeto 2010. Lopes foi incisivo ao lembrar que o PSB não aceita imposições, venha de onde vier, e
que todas as decisões tomadas estão em consonância com as deliberações nacionais.

Em relação à fidelidade partidária, o ex-deputado lembra que o PSB trabalha para que todos os seus filiados caminhem em uma só direção, com o foco no
crescimento do partido.

Finalizando, Chico Lopes conclamou a todos os filiados ao respeito às instâncias e deliberações do partido, reforçando a unidade e fidelidade
partidárias como alicerces da construção de um novo caminho para a Paraíba.
 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tárcio, do PSOL, protocola queixa-crime contra vereador de João Pessoa

O ex-candidato a governador pelo PSOL, Tárcio Holanda Teixeira, protocolou uma queixa-crime na justiça paraibana contra o vereador pessoense Carlos Henrique da Costa Santos, conhecido como Carlão da Consolação que…

‘PT não tem que fazer autocrítica’, diz Lula em evento do partido

Em seu primeiro ato partidário desde que foi solto da carceragem da Polícia Federal na última sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o PT…