Por pbagora.com.br

O presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, lamentou a decisão jurídica, que homologou a chapa do deputado estadual Anísio Maia (PT) como candidato na disputa pela prefeitura de João Pessoa mesmo diante da decisão nacional do partido que bateu o martelo em prol da aliança com o PSB do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Em entrevista nesta segunda-feira (05), Jackson também considerou lamentável o fato de filiados recorrerem à justiça justamente para contestar decisões políticas e partidárias tomadas pelas instâncias maiores.

Já no tocante ao campo judiciário, o dirigente alertou para a existência de perseguição jurídica contra o PSB e a pessoa do ex-governador Ricardo Coutinho, e revelou descrença em qualquer cenário positivo que venha a beneficiar o socialista.

“A direção estadual não acompanha esse debate jurídico. O PT é um partido político, o PT não é um tribunal. O que eu acho uma pena é que as pessoas recorram à justiça contra uma deliberação nacional do partido. Na minha opinião esse debate jurídico é menor. O debate importante é da importância e necessidade desse campo aqui em João Pessoa. Eu particularmente tenho uma avaliação muito específica sobre o segmento da justiça da Paraíba com relação a Ricardo. A gente sabe a perseguição política e jurídica que Ricardo vem sofrendo nos últimos anos aqui na Paraíba. O modus operandi que se usa contra ele e o modus operandi da própria Operação Calvário, por exemplo, que condena antecipadamente e usa delação como prova. Então, eu não tenho expectativa nenhuma que a justiça da Paraíba julgue algo do ponto de vista da candidatura de Ricardo ou do PSB, ou dessa relação política do PSB com o PT, que julgue do ponto de vista positivo. Eu não aguardo isso, não espero isso. É uma opinião pessoal minha, mas no final acredito que deva ser feito um debate político com relação a isso”, relatou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Tenta criar uma narrativa que não existe”, diz João ao rebater declarações de Gleisi

O governador João Azevêdo (Cidadania) rebateu a acusação feita pela presidente Nacional do PT, Gleisi Hoffmann, de que o governo da Paraíba teria interferido, junto com a direita paraibana, para…

Justiça suspende intervenção da Nacional no diretório do PT de João Pessoa

A intervenção que o Diretório Nacional do PT está realizando em João Pessoa deve ser suspensa após decisão da Justiça Eleitoral, através de mandado de segurança que foi concedido nesta…