Nesta terça-feira (02), durante entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador José Ricardo Porto, revelou que por conta da pandemia do novo coronavírus, as eleições de 2020 podem acontecer apenas no dia 15 do mês de novembro.

A possibilidade, ainda segundo o desembargador, foi debatida em uma videoconferência com outros presidentes de TREs brasileiros e o ministro Luís Roberto Barroso, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Outra medida que está sendo estuda é a ampliação do horário de votação, que termina às 17 horas”, disse. Com isso, os eleitores teriam até as 20 horas para comparecer às urnas.

Caso a nova data seja aprovada, o segundo turno deve ocorrer no dia 6 de dezembro.

José Ricardo Porto disse ainda que a biometria também pode ser dispensada por conta do risco de contágio pelo novo coronavírus.

Com relação à extensão do mandato para que sejam realizadas eleições unificadas, Porto voltou a rejeitar a tese, dizendo que o TSE não trabalha com essa possibilidade.

“As eleições devem ser realizadas este ano. É com essa possibilidade que o TSE trabalha” finalizou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lei de Wilson Filho garante acolhimento a vítimas de violência doméstica na pandemia

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou o Projeto de Lei 1.876, de autoria do deputado estadual Wilson Filho (PTB), que garante o acolhimento em alojamento para vítimas de violência…

Análise: Bolsonaro cai em contradição e vai às pressas a hospital para saber se “gripezinha” está em seu corpo

Então vamos lá! Um avião de grande porte cai sobre o centro de uma imensa ou minúscula cidade. É notícia, sem dúvida alguma. Um tremor de terra nas Ilhas Marianas…