Por pbagora.com.br

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Arnóbio Viana, anunciou nesta segunda-feira (29) que a Corte reprovará as contas de todos os prefeitos que caírem no ‘golpe do whatsapp’ usando o dinheiro público para bancar o crime. Segundo ele, ainda não há casos dessa natureza registrados na Paraíba, no entanto, o golpe é de conhecimento de todos, não sendo compreensível alegar ter sido enganado para justificar eventuais gastos com o erário.

“Esse fato já aconteceu no Rio Grande do Norte e o Tribunal de Contas da Paraíba já fez ampla divulgação desses fatos e passados três meses, novamente houve casos de depósitos. Então, o que estamos querendo agora é que os prefeitos fiquem atentos. Dinheiro de prefeitura tem que ser corretamente aplicado. Não pode ser pago dinheiro público de qualquer maneira. Tem que ser obedecendo o que a legislação manda”, disse.

De acordo com o presidente, caso alguma prestação de contas encaminhada pelos prefeitos chegue à Corte com a alegação de que teve origem em um
“O que eu quero dizer que o prefeito não pode dizer de maneira nenhuma usar dinheiro público como tendo caído no golpe. Daqui para frente ninguém é mais inocente para aceitar cair nesse golpe. A Paraíba já sabe que existem esses falsários. Estou dizendo como uma forma de ter mais cuidado para que daqui para frente não ocorra novamente”, emendou.

As declarações repercutiram no programa Arapuan Verdade.

PB Agora

Notícias relacionadas

PSD se afasta de Bolsonaro de olho em 2022 e coloca Romero em saia justa na PB

‘Romero mora no meu coração’, disse recentemente Bolsonaro em CG A aliança formada pelo presidente Jair Bolsonaro com partidos do Centrão ao longo de 2020 vem se desgastando nos últimos…

CPI: ministro ratifica que população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou a reafirmar que até o final deste ano toda a população brasileira acima de 18 anos estará vacinada contra a covid-19. A Fala…