A Paraíba o tempo todo  |

Presidente da AMEM faz visita ao prefeito Luceninha e sai com a garantia de convênio

 A presidente da Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância
(AMEM), colunista Goretti Zenaide, foi recebida pelo prefeito Luceninha em
seu gabinete. Na oportunidade, Zenaide fez várias reivindicações, entre
elas, a renovação do convenio existente entre a Prefeitura de Cabedelo e a
associação, para o repasse de recursos oriundos do governo federal.

 

De acordo com a presidente da AMEM, a instituição está instalada na
Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo, há 41 anos e assiste a 42 idosos
carentes, muitos deles, recolhidos das ruas, sem parentes ou família.
“Temos uma parceria com a prefeitura onde através de um convênio, a mesma
recebe e repassa à nossa instituição, recursos oriundos do Ministério do
Desenvolvimento Social (MDS). Além disso, temos outras parcerias com a
prefeitura para o atendimento dos idosos na saúde e na assistência social.
Por isso, estamos também, reivindicando melhorias no atendimento, na saúde
e nos serviços funerais do município, principalmente, no que tange à
melhorias nos cemitérios da cidade” reivindicou Goretti.

 

Ainda de acordo com a presidente da AMEM, a instituição dispõe de um quadro
de 30 servidores não voluntários para assistir aos 42 idosos que lá estão.
“Eles são responsáveis pelas seis refeições diárias, a higienização e o
acompanhamento permanente dos nossos assistidos. Isso implica em uma folha
de pagamento de aproximadamente, R$ 18 mil, que custeamos com os repasses
do Fundo Municipal do Desenvolvimento advindos do MDS, bem como dos 75% da
aposentadoria daqueles que são aposentados e de outra parceria com o FUNCEP
do Governo Estadual”. Explicou.

 

Sensível para com as questões relacionadas com a AMEM, o prefeito Luceninha
se prontificou em estudar as reivindicações e promover as resoluções dos
problemas apresentados. “AMEM faz um trabalho excepcional com os idosos e
conhecemos de perto o trabalho desta instituição. De nossa parte,
determinamos a procuradoria do município analisar a renovação do convênio
já que a prefeitura apenas recebe do MDS e repassa a instituição. As outras
reivindicações como reforma nos cemitérios, melhoria nos serviços funerais
e no atendimento a saúde, serão atendidas e já as encaminhamos para a
secretária municipal de ação social, apenas pedimos um prazo para o
atendimento”. Afirmou o prefeito.

 

SECOM

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe