Político do Sertão revela que vai sair mais pobre do que quando assumiu Prefeitura em 2009

Filho de um batedor de tijolos e formado em contabilidade, o funcionário público e prefeito do município de Catolé do Rocha, Edvaldo Caetano da Silva (PTB) surpreendeu a todos no último sábado (6) durante o retorno do programa de rádio de responsabilidade da Prefeitura da cidade ao afirmar que apesar dos quase dois anos do seu primeiro mandato ainda não ficou encantado com o poder. “Eu tenho tido mais decepções do que alegrias”, sintetizou.

O político foi mais além ao revelar que quando deixar a Prefeitura terá a certeza que sairá mais pobre do que quando assumiu o cargo em 2009. “Quando iniciei a administração eu contava com 48 clientes no meu escritório. Hoje, devido as ocupações de prefeito, já não tenho a mesma clientela e sei que isso fará falta no futuro”, lamentou.

Edvaldo Caetano assegurou também que além do prejuízo profissional, há o estrago financeiro. Segundo ele, quem enfrenta uma campanha política acaba gastando muito mais do que o previsto. “A gente termina se desfazendo de algum patrimônio para dar cobertura a despesas eleitorais”, disse.

Descontente
O prefeito revelou que está descontente com o trabalho de alguns secretários e admitiu que brevemente fará modificações na equipe de trabalho. “O ritmo já não é mais o mesmo de dois anos atrás e por isso está nos trazendo decepções”, afirmou.

Reeleição em dúvida
Perguntado se será candidato a reeleição, Edvaldo Caetano ficou em cima do muro ao dizer que “dessa água nunca beberei, mas preciso de um tempo para analisar se vale a pena”.

O prefeito prefere aguardar até outubro de 2011 para definir seu futuro político em Catolé do Rocha. “Sei que o começo do mandato foi ruim, mas a cada dia estamos melhorando. Ouvindo a maioria vou ver qual decisão tomarei”, finalizou.

 DIÁRIO DO SERTÃO

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hervázio Bezerra sinaliza que pode deixar PSB se João Azevêdo sair da sigla

O Partido Socialista Brasileiro deverá perder três nomes de peso devido a disputa interna pelo comando do partido, e que colocaram o governador João Azevedo e o ex governador Ricardo…

“Não vamos desistir”, diz Wilson Filho sobre proposta que quer tolerância de 20 minutos em estacionamentos

O deputado estadual Wilson Filho (PTB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Consumidor, lamentou a falta de interesse dos shoppings em construírem um consenso junto à Frente e aos…